quinta-feira, 30 de abril de 2009

Uma história das boas

Em Estugarda, ali na Alemanha, um senhor de seu nome Demetrius Soupolos vivia feliz da vida casado com uma ex-modelo e tinham o sonho de ter lindos filhos. Tentaram, tentaram e foram tentando ainda mais (tanto que o homem já andava com um ar cansado de tanto tentar) até que ele decidiu ir fazer exames médicos acabando por descobrir que era estéril. A notícia deixou-o abalado mas como a mulher queria ter filhos ele decidiu pedir a ajuda de um vizinho de seu nome Frank Maus, 34 anos, saudável e pai de dois filhos. (Tou a imaginar a conversa: Olá Frank! Tudo bem? Olha não te importas de ir ali fazer um filho à minha mulher?) A ideia até aqui nem parece muito má.
Após as negociações Frank aceitou, por 2000 euros, fazer o jeito ao vizinho. Assim, durante 6 meses e 3 vezes por semana Frank lá ia a casa dos vizinhos ver se conseguia resolver aquilo.
Depois de 72 sessões sem quaisquer resultados positivos, Soupolos, sem perceber o que se estava a passar, insistiu que o vizinho fizesse exames médicos.
Os resultados dos exames lá chegaram e qual não foi o espanto quando descobriram que Frank também era estéril!! A esposa perante esta situação viu-se obrigada a confessar que Frank não era pai dos seus dois filhos.

Entretanto o caso vai pra tribunal porque Demetrius processou o vizinho por quebra de contrato e quer o dinheiro de volta. Frank (o corno) defende-se como pode dizendo que nunca prometeu resultados apenas que daria o melhor de si... e deu durante sei meses.




P.S.: Hoje começa aquela semana em Coimbra...

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Notícias

Gripe dos suínos, dos porcos, das aves, dos elefantes, de tudo porra.

A gripe anda aí e segundo o que ouvi passou de grau 3 para 4. Mas o que interessa é que algum idiota andou aos beijos com o porco constipado e pumba, constipou-se.
Portanto aqui fica o aviso não se deve andar aos beijos aos porcos pode-se apanhar gripe dos porcos, nem aos pitos, pode-se apanhar gripe das aves nem aos cus podes ficar com a (boca borrada) gripe de merda.

É impressionante a dimensão que isto tomou hoje em dia nos média em disputa pra ver quem noticia o 1º português afectado pela gripe que dão ao destaques de 3 e 4 páginas ao sucedido ou 15 minutos á benfica no arranque dos telejornais. Verifica-se mais um histerismo do que uma necessidade de informar célebre missão jornalística

Como é possível que o futebol tenha caído numa rotina tão grande, que até o facto do bandeirinha levantar a bandeira para o lado esquerdo seja tão digno e no parlamento seja preciso andar quase á estalada para se ganhar tanto protagonismo. Já nem o facto de hoje terem ido para o pé das virgens mais 30 irakis é notícia.

Algo vai mal quando as notícias verdadeiramente importantes não tem o destaque devido como por exemplo o facto de o basket do Benfica, essa modalidade apreciada pelos que Brandam para a oliveirinha do bairro, não ter qualquer singelo destaque apesar das 30 vitórias e nem o facto da bebedeira do Valentim não ter passado até ao dia de hoje.

Isso sim jornalismo de Investigação mesmo á moda do que é "aquele jornal travestido" que passa ás sextas na TvI ou então todos os dias ás 7 na SiC. Eu bem que nós por cá, não somos propriamente a jóia da coroa dos bons costumes, mas e que tal passarem a dar o também em quantidades q.b. os bons exemplos do país em vez de mostrarem todos os dias o tractor que foi apanhado nas portagens da A23.

Bom jornalismo precisa-se porque o tipo de noticias À lá 24 Horas não interessa nem ao Chumbinho do Leixões nem ao Pedrinha do Paços.

terça-feira, 28 de abril de 2009

e esta, hein?

Pop quiz: Which European country has the most liberal drug laws? (Hint: It's not the Netherlands.)

Although its capital is notorious among stoners and college kids for marijuana haze–filled "coffee shops," Holland has never actually legalized cannabis — the Dutch simply don't enforce their laws against the shops. The correct answer is Portugal, which in 2001 became the first European country to officially abolish all criminal penalties for personal possession of drugs, including marijuana, cocaine, heroin and methamphetamine. o resto (aqui)

.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Quem é esta coisa? #1

A moça do Quem é esta coisa?#0 foi bem identificada. Também era fácil de ver que era a Alicia Silverstone. Agora o grau de dificuldade vai aumentar.

- Ajuda: ‘Cause I’m always ready, I won’t let you out of my sight!





terça-feira, 21 de abril de 2009

€smolas


Estamos a chegar ao fim do mês, e o BPP, como a maior parte dos portugueses, já gastou o ordenado quase todo. Já alimentou a mulher e os filhos, já pagou as contas da luz, o gás, a água e a renda de casa. E ainda hoje é dia 21. Só volta a receber daqui a 15 dias. O dinheiro não estica e vai começar a passar fome. Ele e aqueles que dependem dele para comer. Ou então…

Ou então pede dinheiro ao Estado, como a outra parte dos portugueses, porque o Estado costuma dar a esses.

Como escreveu o poeta Aleixo do alto da sua sabedoria: “Se se vendesse a desgraça, já hoje eu era banqueiro”. E ele morreu em 1949. O que diria ele se vivesse hoje?...
.

Constatação #3

Constato que:

Agora toda a gente gosta de constatar

1º foi o whearing manolo blahnik

Depois o Zeca Diabo aqui e aqui

Pra que se constate fui eu o primeiro a contatar

Não me roubem agora é o Gravado na Pedra

sábado, 18 de abril de 2009

se conduzir, não...


Primeiro a Adriane Galisteu diz que era viciada em sexo. Logo no dia a seguir, um Norueguês é preso por faze-lo enquanto conduzia a alta velocidade.

Sabe-se que em alta competição, muitas vezes tudo se resume à metodologia de treino, e se a do Ayrton era essa, então pode ser que o Norueguês queira apenas ser um novo Senna.


quarta-feira, 15 de abril de 2009

O Terceiro

Não, não vou falar do papel da Sofia Alves na Flor do Mar nem da Nova Travessia do Tejo. Hoje vou falar de parasitas. Segundo a Wikipedia, exa font d conhximnto d xeclo21 (k já n tamos n tmp dos romanos, lol), parasitas são organismos que vivem em associação com outros aos quais retiram os meios para a sua sobrevivência, normalmente prejudicando o organismo hospedeiro, um processo conhecido por parasitismo.
É assim mesmo que nós, futuros Engenheiros Civis nos sentimos: Parasitados.
Somos hospedeiros desta gente que, como quem não quer a coisa, lentamente vai conquistando o nosso espaço. Tudo bem que a sociedade conta connosco para lhe fazermos a casa, mas isto já é abuso.
Ainda agora nos tiraram metade da sala dos computadores, que já eram poucos, e mesmo não funcionando fazem falta.
Eu não queria ser alarmista, mas estão-nos a tirar património. A seguir querem o quê? Metade da Dona Lucinda?
E a engenharia do ambiente serve exactamente para quê? Pois bem, eu estive a pesquisar (que isto de escrever para O Pilar é um trabalho serio e ocupa-me muito tempo e nem sequer tenho direito a época especial como outros que vocês sabem quem são). Se formos ver a página do DEC, Departamento de Engenharia quê? Civil pois claro, que tánanet, como diz a nossa Dona Lucinda, nas saídas profissionais do mestrado de Ambiente, aparece a seguinte mensagem: Informação sobre saídas profissionais não definida. Ou seja, não serve para nada.

Entretanto iniciou-se mais uma primavera, o que significa que é uma boa altura para começar a ir às aulas e observar as qualidades das futuras engenheiras, que descem todos os dias as monumentais escadas civis evitando pôr o delicado pezinho em qualquer pires ou chávena de café que por lá se encontra perdida, abandonada por esses viciados em cafeína que dão sustento à família Fernando.
E porque a minha vida não é só jogar cartas no bar, como assíduo frequentador da biblioteca que sou, tenho ouvido por lá algum português com sotaque, e não é sotaque das ilhas como o daquele rapaz que nem dinheiro para cortar o cabelo tem (aqui também sabe de quem estou a falar, é daquele que se põe à vossa frente nas aulas e não vos deixa ver nada para o quadro). É português do país do pimbolim, da aeromoça e do bigode do Murtosa.
E como tal, dedico estes versos às colegas conterrâneas da Cláudia Raia:

Mina,
Seus cabelo é "da hora",
Seu corpo é um violão,
Meu docinho de coco,
Tá me deixando louco.

Pois você minha "Pitxula",
Me deixa legalzão,
Não me sinto sozinho,
Você é meu chuchuzinho!

Para o pessoal que passados esses anos todos ainda não domina a língua portuguesa em condições e ninguém percebe o que vocês dizem, surgiu a oportunidade aqui no DEC de se tentarem fazer compreender em inglês ou espanhol. Foi uma decisão muito difícil escolher entre um e outro, mas derivado do visionamento de certos DVD’s da muy caliente y guapa Sónia Baby, o meu conhecimento de espanhol já esta algo avançado e assim, optei pelo inglês. Ate porque ouvi dizer que saber o inglês técnico dá logo direito a diploma de engenheiro. Pelo menos foi isso que aconteceu com o outro (vocês, leitores atentos, também sabem quem é).

Contava em utilizar a palavra hebdomadário neste texto mas não houve oportunidade. Talvez quando for convidado a escrever para o Expresso ou para o Sol.
É tudo, a gente vê-se por aí numa frequência qualquer.

Qualquer reclamação ou insulto que desejarem fazer, vão ao extremamente espectacular e bonito (que até mudou de imagem desde a última vez) http://www.aquifalasedetudo.blogspot.com/
.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Constatação #2

Constato que:

O Liverpool esteve presente em 3 dos poucos jogos que eu considero hinos ao futebol

Liverpool 5-4 Alavés

Liverpool 3-3 AcMilan

Chelsea 4-4 Liverpool

O Meu Benfica dos Espantalhos

Somos grandes.
Os maiores de facto, mas isto joga contra nós.

Se houver uma percentagem de analfabetos futebolísticos fixa, nós temos muitos mais do que os clubes apensos ao sistema.

Já uma vez ouvi o Sr. Bufas dizer que se pusesse 100 pessoas a assobiar para o ar teria ás portas dele uma monumental assobiadela.
Mas é isto que nós temos. Bestas que apetrechadas de lenços brancos e lençóis se dirigem á catedral para se fazerem ouvir quando muitos deles nem são sócios. O Benfica, é certo, é mais do que ser sócio do Benfica, é o povão dirão outros, mas isto vai mal.

Quero dizer que ando farto, farto de ouvir essas bestas dos benfiquistas estúpidos que têm no bota abaixismo a 1ª palavra. A minha moral está afectada mas não quer dizer que esteja aí disponível para ouvir chamarem besta ao Quique ou que o Balboa não joga nada sobretudo vindo de gajos que nem me conseguem dizer a equipa que jogou, por exemplo contra a Académica de cor e salteado. Diga-se uma exibição das melhores da época.

E a vida corre assim devagar devagarinho já á espera da próxima época numa altura em que me vou tentando alhear de toda esta cortina de fumo que se envolve sempre à volta do Benfica quando o culmino se vai "aproxegando". Portanto, agora apenas estou disponível para comentar futebol internacional ou local como os jogos do Sezurense ou o ultimo resultado do Desportivo de Sátão pelo menos com os ileterados e analfabetos. Portanto se querem voltar a falar futebol comigo e não perceberem a ponta dum corno do mesmo deixo-vos aqui a equipa do Sezurense e a do Sátão para estudarem.

Música da Semana #37

Ashirvad Zaiantchic
Bippotuga - Raboduro

beirão
UHF - Sarajevo

markituz
Franz Ferdinand - Bite Hard

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Descubra as diferenças


Ainda não percebi muito bem qual é a ideia dos senhores do PS ao meterem o Avô Cantigas como cabeça de lista das europeias. Será porque as crianças que cresceram a ouvir as músicas dele agora já têm 18 anos e então vão votar nele pelas boas recordações que possam ter?


P.S.: não percam a crónica do Edgar Preto no jornal O Pilar

sábado, 11 de abril de 2009

Alterações climáticas


Toda a gente já ouviu falar do problema das alterações climáticas. Diz que há um buraco na camada de ozono por causa da poluição, depois há os gases com efeito de estufa, depois são as calotes polares que vão derreter, depois são os ursos que deixam de ter onde viver, depois é o nível de agua que vai subir, depois ouve-se falar em Quioto, depois são os filmes do Al Gore e o Day After Tomorrow, depois são as estações do ano que passam a ser só duas em vez das quatro.

Tudo isto existe, tudo isto é triste…mas tudo isto não interessa nem à minhoca da couve, porque ninguém sente os efeitos disso. Pelo menos até ontem. Ontem podemos todos assistir a um fenómeno que nos pode pôr a todos a pensar com preocupação pelo futuro. E porquê?

Porque ontem, precisamente ontem, deu o Sozinho Em Casa na televisão generalista. E como toda a gente sabe, o Sozinho em Casa é um filme que dá na televisão precisamente na época natalícia. Ora bem…estamos na Páscoa. Isto é um prenúncio.

Continuem a usar laca no o cabelo e a deitar as pilhas para o chão que qualquer dia começamos a ver andorinhas em Janeiro e a ter neve em Beja em Agosto.
.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Princípio de Saint – Venant


"As tensões e deformações que um sistema de forças provoca a uma distância grande da superfície de aplicação não dependem da maneira particular como as forças estão aplicadas, mas apenas da sua resultante."

Moral da história:

Para os pés, andar com duas moças de 50 kg ao colo ou apenas uma de 100kg às costas, é absolutamente a mesma coisa.

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Música da Semana #36

Ashirvad Zaiantchic
Fúria do Açúcar - Batman

beirão
Red Hot Chili Peppers - Cabron

markituz
The Verve - Lucky Man

Rali de Portugal - o resumo

O Rali de Portugal é um dos melhores, senão mesmo o melhor, rali do mundo e quem gosta realmente de competição automóvel sabe que isto é verdade.
Após a FIA ter imposto o sistema de rotatividade (do qual eu não discordo) os Ralis passaram a realizar-se de dois e dois anos em cada país e o de Portugal (o melhor do mundo) é realizado em ano ímpar.
Antigamente o Rali era uma autêntica Romaria como Santa Marta de Portuzelo ou outra assim. Eram fogueiras para assar as febras, era o garrafão do tinto, era o delírio total.
Agora o rali é no Algarve. Proporciona uns cenários agradáveis mas ninguém me chamará mentioso se eu afirmar que Rali de Portugal é Arganil e Fafe. Mas nem Arganil nem Fafe têm a capacidade hoteleira do Algarve, nem Arganil nem Fafe têm um estádio disponível para fazer uma pista lá dentro porque só há jogos de futebol de ano a ano quando é a final da Taça da Liga (aquela que o Glorioso ganhou aos verdes de Alvalade) e nem Arganil nem Fafe têm um Aeroporto para receber os milhares de entusiastas estrangeiros. É pena mas é verdade...
Da prova propriamente dita devo dizer que foi bastante agradável. Além do WRC dispotou-se também o PWRC, onde correm os portugueses Armindo Araújo e Bernardo Sousa, o JWRC e ainda o CPR (campeonato português de ralis).
No WRC o vencedor é já bastante conhecido e apesar de no ínicio ainda ter lutado um bocado com o Hirvonen acabou por vencer a prova, falo obviamente de Sébastien Loeb.
Para mim o Hirvonen ganhou logo no primeiro dia ao levar a bandeira portuguesa colada na antena do Focus WRC durante a Super Especial do Estádio do Algarve mas a verdade é que o francês da Citroen voltou a levar a melhor.
No PWRC, e depois de um segundo lugar no Chipre, Armindo Araújo conseguiu finalmente a primeira vitória na prova e é neste momento líder do campeonato. Armindo teve uma prova feliz e acabou por ganhar pela primeira vez uma prova do JWRC e logo quando jogava em casa. Já Bernardo Sousa conseguiu destruir o Fiat ainda antes do rali começar, no prólogo. Continua em grande este rapaz...
De resto ouve grandes imagens com acidentes espectaculares (como o do Latvala) ouve também saltos, drifts e sobretudo muito espectáculo.
Agora só volta em 2011...
A mim só me resta desejar boa continuação de campeonato ao Armindo e que em 2011 ele venha ganhar o rali ao volante de um WRC. Força Armindo!



P.S.: e dos golos do Cardozo, ninguém fala?

domingo, 5 de abril de 2009

Escândalo no Totobola

(carregar na imagem para ampliar. Não melhora muito mas foi o que se pôde arranjar)


Ao contrário dos outros jogos da santacasa, o totobola não depende apenas da sorte. É preciso ter também alguma sabedoria. É preciso conseguir antecipar os resultados dos jogos, consoante as equipas nele envolvidas. Depois entra um pouco de estatística. Por muito boas que sejam as equipas ou a diferença de níveis entre elas, há sempre uma percentagem de jogos que acabam empatados. E se eu preencher uma coluna do totobola e chegar ao fim só com derrotas e vitórias, sei à partida que não vou ganhar nada. Assim, para equilibrar as coisas em termos estatísticos, tem de se colocar uns empates pelo meio. E depois, aí sim, entra a sorte do jogo. Que faz com que eu acerte esses empates, que adivinhei no boletim para compor as coisas estatisticamente.

Esta semana, os sábios senhores que mandam no totobola enganaram-me. Não apenas a mim, mas a toda a gente que jogou. Esta semana, esses sábios senhores trocaram o jogo Málaga - Real Madrid, por um Málaga – Atlético de Madrid. Ter um A em vez do R na abreviatura faz toda a diferença. Como é obvio, teoricamente, o Real Madrid tem maior capacidade de vencer o Málaga do que os pobres do Atlético. Vai daí, pode acontecer a um jogador consciente, analisar a campanha do Atlético e do Málaga, ver os lugares na tabela de cada um deles, aplicar-lhe o factor casa, olhar para o resto dos jogos e chegar à conclusão: já tenho tantas equipas a ganhar fora, vou pôr um empate.

O que sucede, é que quem joga com o Málaga é o Real, que está em perseguição ao Barcelona e não pode perder mais pontos. Como grande equipa que é (muito melhor que a do Atlético), ganha o jogo. O jogador do totobola ficou na merda.

A questão aqui não é : ah mas já tinhas falhado uns jogos lá atrás e não ganhavas nada na mesma. O problema é que quando há um Málaga – A. Madrid em vez de um Málaga – R. Madrid, isso faz com que todas as estratégias de jogo mudem. E vocês, sábios senhores que mandam no totobola, sabem-no bem.

Eu já nem digo para darem o primeiro prémio a todos os apostadores (que era a coisa certa a fazer e dava-me muito jeito), mas por favor, tenham vergonha na cara e devolvam-me os meus 60 cêntimos.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Quem é esta coisa? #0

Nos ultimos tempos nascem rubricas neste blogue como processionárias nos pinheiros, e como tal, eu não podia deixar tal acontecer sem criar uma rubrica também. Quem é esta coisa? vai fazer o visitante deixar de pensar na Rita Salema e passar a pensar ja vi isto em qualquer lado.



- Ajuda: tem nome de pista de fórmula 1.


Site Meter Site Meter