terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Ok, o Aimar também jogou no Valência



Enzo siempre quiso dejar el Benfica y fichar por el Valencia pero jamás quiso poner en un aprieto al club portugués, al que está muy agradecido porque ha sido quien le ha aupado al estrellato en el fútbol europeo, y quien le ha permitido disputar el pasado mundial con la selección argentina hasta el punto que fue titular en la final que la albiceleste disputó ante Alemania en Brasil. Esa actitud digamos ´poco combativa´ ayudó poco a que en verano se hiciera la operación, por ello ahora Enzo ha dado un paso adelante.

domingo, 30 de novembro de 2014

Mulheres de Otelo

Ou o Shakespeare é um visionário ou isto...


.... é uma comédia a gozar com  o Saraiva de Carvalho!

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

só vos tenho a dizer que

quando há balde não há merda, quando há merda não há balde, se há merda e há balde...não há quem carregue.

sábado, 8 de novembro de 2014

Fernando Santos começa a cavar buraco

Fernando Santos, o Benfiquista engenheiro do penta portista com passagem por Alvalade, figura consensual, um gentleman da bola (uppssss, aquilo da suspensão por meia dúzia de jogos recentemente) que agrada a todos foi o escolhido para sanar a relação da selecção e o mundo em geral.

A selecção Portuguesa de futebol não é um exército, não é uma selecção de rugby, não lhe há adesão por amor à pátria nem dever cívico. É futebol, alimentado por ódios de estimação, por clubite, por bairrismo, por popularidade dos jogadores. O patriotismo das bandeiras na janela não o é. É adesão de massas, e o que proporciona essa adesão de tanta gente é o agradar a toda a gente. Paulo Bento, fora a incompetência técnica, também o é na diplomacia - esse é o seu principal defeito para não ter sucesso na FPF.

Posto isto, Fernando Santos é o homem certo no lugar certo. Só uma personagem como ele é capaz de agregar a malta em torno da selecção, e só com essa adesão a selecção pode chegar longe em alguma competição. País pequeno, com poucos jogadores de qualidade técnica, só consegue algum feito quando está tudo a puxar para o mesmo lado. E isso consegue-se, não atraindo os (muito poucos) amantes do futebol, mas sim os amantes dos clubes. Os seus adeptos.

Para conquistar o apoio de adeptos que na maior parte do tempo estão divididos entre si e juntá-los ao apoio da selecção é só preciso usar um pouco de política básica. O agradar a gregos e troianos. Esquecer que a qualidade individual técnica de cada jogador é uma parte pequena no caminho para o sucesso e concentrar os esforços no agrado aos adeptos, pelo menos em caso de dúvida. Se em Portugal há 3 clubes grandes cuja massa adepta abrange a maior parte da população, é obrigatório fazer representar esses 3 clubes em qualquer convocatória, em qualquer 11.

Todo o Sportinguista torceu pela Argélia por causa do Slimani. Quantos Benfiquistas não gostam do Uruguai por causa do Maxi e até o Pinto da Costa virou fã da Colômbia por causa do Jackson. E depois, embora sem tanto valor, há ainda o caso da representatividade por memória, como o Ronaldo ser do Sporting, o Coentrão ser do Benfica ou o Carvalho ser do Porto.

Fernando Santos, o pacificador, acaba de fazer uma convocatória. André Gomes e Tiago? Não é suficiente.




segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Porra Benfica! Uma amalgadela de pensamentos



Impróprio para cardíacos, de perder as estribeiras, infantil, jogadores medíocres, arbitragem á altura.
Carradas de cartões por mostrar para os 2 lados,
Lisandro infantil podia ter causado penalti que era (e já é a 2ª vez esta semana começas a estar na minha lista negra),
Jesus infantil a pensar que agora metia a nova galinha dos ovos de ouro(Jonas) e estava feito, a mania de não segurar o resultado, a mania de não ter um jogador a jogar a bola, parecemos uma equipa pequena mas com 2 extremos em vez de 1, mentalidade de 2ª divisão porra, nós somos o Benfica e quando passamos para á frente está feito.
Custa muito fazer um domínio á Porto (corruptos mas que em algumas alturas nunca mais se apanhavam)  como tinha o Jesualdo, o Vitor Pereira,

Porra Pá parem com estas merdas então o Danilo está com cartão amarelo e ninguém vai pra cima dele arrancar o 2 desde o minuto 20 porra , 70 minutos em campo até levar o 2º amarelo e por razões extra desportivas.

Lisandro na simulação do pardo (que não era simulação era penalti antecedido por fora de jogo), o que é que tu estás a fazer a reclamar com o arbitro? Ein? O arbitro tem o cartão amarelo na mão obviamente não apontou para a marca da grande penalidade então para quê reclamar(querias vermelho era?)?

Eu já disse que sofremos 1 golo do Edér, p'la mor de deus!

Ruben estás cá dentro mesmo ao ladinho do Nilson, idiota!

Aquela história de pouparmos a equipa na champions para nos focarmos no campeonato ridículo dados os resultados!

PS: Estive a ver rasgos do jogo no lado norte das 2ª circular só me apeteceu dizer, porra, este podia cá estar!!

sábado, 13 de setembro de 2014

cada macaco no seu banco

Não sei se poupou, mas mudou e não teve tempo para se cansar
Afastaram o Salgado do seu galho no banco velho (para o galho na Carregueira?) e o Costa, dono do galho do banco maior, pôs no galho que antes era do Salgado, o Bento, agora no novo. O Bento apercebeu-se que quem mandava no seu próprio galho era afinal o Costa a partir do galho dele, que abarca assim os galhos todos da banca.

Nunca mais acaba a macacada. Se era para isto, era preferível ir-mos todos ao circo.

sábado, 6 de setembro de 2014

2014/2015 - Benfica com o pior plantel de todos os tempos e a formação e coiso


A propósito desta imagem, pus-me a pensar no que tem sido dito e escrito sobre a debandada de jogadores no verão, a não contratação de jogadores decentes e a não aposta nos jogadores da formação do glorioso SLB, em suma, o pior plantel dos anos do Jesus.

A imagem é do jogo da segunda mão dos quartos de final da liga dos campeões na época 2011/2012, e retrata o momento que é reconhecido como o "suicídio profissional do Nelson Oliveira". 

Mas começo pela história deste ano ser o pior plantel do Jesus: Neste jogo, de 2011/2012, o Benfica acabou com Artur (aquele que ainda agora fez aquele coiso contra o Sporting), o Emerson (lol), Bruno César (quem?), Djáló (que deve estar a pensar como este lance lhe podia ter mudado a carreira) e o pródigo da formação (que deve estar a pensar como este lance lhe podia ter mudado a carreira, se ele pensasse). 

Isto é que era um plantel, hein?

E só não chegou às meias finais da liga dos campeões porque o fantástico Ibrahimovic não passou a bola ao Djáló (que provavelmente também falhava o golo...). 

Isto tudo só para dizer que com o JJ, as individualidades que compõem o plantel são praticamente irrelevantes até se chegar aos avançados. E aí, este ano, quando o Jesus estiver à rasca vai olhar para o banco à procura do ponta de lança que resolva o jogo e só vai encontrar o mesmo Nélson Oliveira, aposta do produto da formação, que nos deve uma meia final da liga dos campeões porque errou completamente um lance destes.

Felizmente, os quartos de final da liga dos campeões são depois do mercado de transferências do natal. Esperemos que por essa altura ainda os possamos jogar. Não é, malta responsável pelas contratações do Benfica??



segunda-feira, 25 de agosto de 2014

A conversa que deu origem às agressões no concerto do Anselmo Ralph em Cascais:


antes do jogo com o Sporting



Que é como quem diz "tivemos de pôr a jogar ao mesmo tempo o Talisca e o André Almeida no meio campo".



O meio campo titular é o Fejsa e o Enzo. O Amorim é o primeiro suplente dos dois. O Talisca é o segundo suplente para o Enzo. O André Almeida é o segundo suplente do Fejsa. 


Só para dizer que quando não há Enzo é mau, quando não há Enzo nem Fejsa é muito mau, quando não há Enzo nem Fejsa nem Amorim é muito triste. Jogar com os suplentes dos suplentes já é azar demais.. a seguir mete a jogar os apanha-bolas.

ps: é preciso um avançado muito bom.

sábado, 23 de agosto de 2014

Benfica, BES e os amigos - isn't it funny?

foto do portadaloja
Dizia o portadaloja aqui há tempos: "Aqueles que figuram na foto acima, simbolicamente reunidos num conclave miserável que nos afundou, serão mostrados como são verdadeiramente  e não como nos têm mostrado sempre".

 Ora bem, look closely:


A coincidência é notável. Mas até gosto do Vieira, não é tão mau como o pintam nem tão bom quanto ele acha que é. Por hora é o Presidente do triplete: vamos ao 34!

terça-feira, 19 de agosto de 2014

live from third world

 

Não é incrivel como pessoas que têm ligação à internet, que têm dispositivos que lhes permitem a ligação à internet, irem à internet festejar a chegada de um microondas?

Podíamos entrar aqui numa discussão filosófica que nos levaria a perguntar quem somos e o que fazemos aqui, mas existem partes no mundo em que um "parabéns, você merece" dito a uma mulher quando se trata de um microondas seria considerado, no mínimo, machista.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

porque o Cardozo perdoava menos


"Um homem - golo destes, a sério, marca uma época, marca um clube, marca um adepto. Daqui a uns anos na Catedral, quando um qualquer avançado sentimental falhar um golo na Luz, mais do que um Benfiquista recordará, sentado no seu lugar anual, todas as alegrias que Cardozo lhe trouxe, todas as vezes que saltou da cadeira e gritou golo porque o paraguaio não perdoou. E no meio dessas recordações, palpita-me que mais do um cederá à deliciosa tentação dos palavrões e com um sorriso matreiro dirá: O Cardozo era fodido."

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Garay, o negócio

Segundo o maisfutebol, aquando da compra do Garay, o comunicado à CMVM foi o seguinte:

«A Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248.º do Código dos Valores Mobiliários e no seguimento de notícias publicadas no dia de hoje na imprensa espanhola, vem esclarecer que o atleta Ezequiel Garay foi transferido a título definitivo do Real Madrid CF pelo valor de 5,5 milhões de euros, tendo o referido atleta celebrado um contrato de trabalho desportivo com a Sociedade por 4 (quatro) épocas desportivas, ou seja, até 30 de Junho de 2015.

Mais se informa que o montante da cláusula de rescisão expressa no referido contrato de trabalho desportivo ascende a 20 milhões de euros. 

De referir que, ao abrigo do contrato de aquisição de direitos desportivos e económicos do atleta, o Real Madrid CF terá direito a receber numa futura transferência 50% do valor da mesma.» 

Ou seja, agora que o Garay foi vendido ao Zenit pelos 6 milhões de euros, o Real Madrid tem direito a 3 Milhões, ou seja, o Real Madrid podia ter ido buscar o Garay ao Benfica por 3 Milhões de Euros (4% do passe do James Rodriguez)!!E depois vendia-o pelo preço justo a quem o pagasse, uma espécie do que fez o Verona com o Iturbe.

Isto só para dizer que as teorias do "somos tão bons que enganamos o Real Madrid" ou o "enganámos o Real Madrid e eles agora para se vingarem deram o Casemiro ao Porto" são tretas. São tretas tão grandes como os 6 milhões que o Zenit deu pelo jogador, Campeão Nacional, vencedor da Taça, finalista vencido da segunda competição da Europa e finalista vencido do Campeonato do Mundo. Só!

segunda-feira, 14 de julho de 2014

World Cup - Mais um título para o Sporting!

Silvestre Varela’s goal for Portugal v USA was the latest during normal time of a World Cup finals match since 1994 (94min 33sec).

daqui. 

adenda: já que foram sofridos pelo Patrício, toma lá mais um título:

In losing 4-0 to Germany, Portugal conceded four goals in a World Cup for the first time in their history.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Olá ABola, apresento-vos o Tiago


"irá agora experimentar o campeonato inglês"... 

Porquê que estão a falar do Tiago como se fosse um Miguel Veloso, um João Moutinho ou um Licá?

Tiago, o melhor centro campista português da actualidade:


segunda-feira, 30 de junho de 2014

Querida selecção dos outros milhões de portugueses

Escrevo este post enquanto nas minhas costas vai rolando o Alemanha/Argélia.

Declaração de interesse: pouco me interessa porque eu só quero é que o Benfica ganhe mas nestes hiatos sempre tem mais piada acompanhar um mundial com selecção presente do que ausente. Financeiramente é até mais favorável uma vez que impede-nos de tomar decisões com o coração e faz-nos virar para a razão.


A ressaca da selecção vem confirmar aquilo que todos prevíamos antes do mundial, os profetas da desgraça, tinham razão como tiveram a maior parte das vezes na nossa história. Desde 1996 sempre fomos umas selecção de classe média a tentar pôr a cabeça de fora e espreitar para os lugares de topo.

Depois ainda há outras questões como a falta de equiparação do nivél da nossa equipa com as congéneres mundiais.

Chegamos a este mundial na 4º posição do "ranking" mundial que define um ordenamento global uma que não reflecte o real valor dos países tanto como grupo de selecção equiparando-se àquilo que faz as agências de notação financeira. lá fomos nós todos cabeça inchada armados em "lagartos" de que teríamos um dos melhores conjuntos da prova.

No fim o que verificámos foi que levamos 4 do 2º, empatamos, com uma "mija" equivalente ao antigo rio Trancão, com o 14º mas levamos um banho de bola e para ganhar ao 34º da escala (que não comiam á 15 dias, ainda andavam todos atafulhados com as notas que tinham recebido no dia anterior e que passaram a noite a mergulhar nelas tipo "tio patinhas") foi preciso pedir ao senhor faz favor de dar lá um golito a mais prós nossos lados.


O que resta agora á nossa selecção já  eliminada é tirar lições do que aconteceu e permitir que nossos valores apareçam na selecção. Por algum motivo é que só existem selecções até aos Sub 21, porque pressupõem se que se os jogadores têm qualidade então progridem imediatamente por de uma para outra selecção tal como acontece nos clube todos os anos deveriam ser promovidos 2 a 3 jogadores para a selecção nacional. Aos jovens se não lhes for dada responsabilidade nunca saberão tomá-la não é preciso que apareçam CR's todos os 4 anos. Como foi verificado pelos conjuntos presentes uma equipa equilibrada supera um grande jogador e provou isso os EUA, Grécia, Argélia Costa R....etc. As equipas bateram o pé aos favoritos graças á solidariedade entre sectores e não como foi com Portugal libertando um extremo para jogar como quiser e deixando toda a responsabilidade para o jogador que joga atrás dele. Em caso de empate que se opte pelo jogador mais novo mais irreverente. e depois que se evitem erros de casting de jogadores do tipo 28 anos Ponta de lança (34 golos/numa divisão superior) o que em golos de alto nível por ano de sénior dá 3,4 Golos por época. Quem não tem cão caça com gato. Isto já se passou uma vez no Maior Clube de Portugal, sem avançados jogámos só com extremos em 4 jogos marcámos 16 golos. e é assim mesmo dar o beneficio da dúvida aos mais jovens e a menos que algum jogador mais experiente prove que realmente faz a diferença (relembro o caso de Figo em 2006) não vale a pena. E nos jogos amigáveis senhores da federação ouçam uma coisa eu bem sei que vocês estão ai para defender a mão do dono( vulgo "Oliveirinha") mas tenham vergonha se é para andar a interromper a série gloriosa do Maior Clube  ao menos façam jogos competitivos e não andem a passear os jogadores contra equipas da Etiópia e/ou Azerbaijão para certos indivíduos andarem a bater recordes de Senhores do Futebol que jogavam na selecção por 5 tostões. É que nem custa assim tanto deve haver tantas equipas do cimo do topo da tabela a querer jogar connosco que se meterem um anuncio no jornal aparecem como tordos no 1º dia de caça.

Entretanto a Argélia vai para prolongamento.

As nossas selecções mais jovens estão a chegar ás fases finais e é preciso apostar nos miúdos sob pena de estarmos sempre sujeitos a um ciclo vicioso onde não jogam porque não têm tempo de jogo e experiência e não têem experiência porque não jogam. É triste, é só. Já que estamos nisto eu sei que é difícil mas obriguem lá as equipas a jogarem com 2 jogadores portugueses em todos os jogos vão ver que a coisa melhora. Quanto ao argumento que certos adeptos não concordam que a maturação do jogador seja feita á custa da competitividade da equipa pensem apenas que se todos o fizerem toda a gente vai ter uma certa imaturidade na equipa logo estão todos na "mesma jaca".

PS: de todos os jogadores que foram ao mundial tenho pena de 1, Vieirinha o único jogador de Portugal capaz de fazer um cruzamento que fez 20 minutos no campeonato do mundo mas que teve que ver jogadores como Nani a arrancar paralelos e Veloso a mostrar que um pai faz muita falta ou Varela o Nolito português. Depois dos outros só tenho para mostrar gozo, Moutinho 25M aiai, deixem me só rir um bocadinho, Bruno Alves a esta hora está-se bem é na caminha (parecia o Peter Shilton no Itália 90), Nani oh dear, e para não falar do ponta de lança dos 3,4 golos. Dá riso mas para Setembro há mais selecção e neste momento eu também quero que a selecção se "foda" que a pré-época do Maior começa dia 3.

Babye


sexta-feira, 27 de junho de 2014

ainda bem que futebol não se aprende na escola



Então estamos assim: é possível que em 2080 já não hajam portugueses com menos de 14 anos. Mas os que existirem estão tramados porque já não vão haver escolas, que se extinguem antes de 2040. O que significa que a ternura dos 40 em 2080 será uma ternura extremamente ignorante. Ou então anda tudo em explicações particulares ou tem aulas em cavernas porque haverão professores pelo menos até 2120.

domingo, 22 de junho de 2014

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Juro que o grande Hernani no fim dum Mundialito de futebol de praia na Figueira da Foz que ganhou fez questão de "dar uma palavra de apoio aos incêndios"


Se cada vez que houvesse um fogo a área ardida não se recuperasse (e utilizando a área ardida por ano média ali de cima), daqui a 58 anos Portugal estaria completamente ardido. 

O que contraria a ideia do Mundo, da Europa, dos portugueses em geral e da Merkel de que Portugal está todo queimado já há muitos anos.

terça-feira, 17 de junho de 2014

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Governo faz melhor oposição que a oposição

Passos critica juízes do tribunal Constitucional que nomeou ou mandou nomear.

Faz a festa  pela saída da troika em maio mas critica o timing da decisão do tribunal por esta ser antes da saída efetiva da troika.

Faz um pedido de aclaração de uma sentença depois da ministra da Justiça ter acabado com os expedientes dilatórios, sobretudo devido aos.... pedidos de aclaração.


domingo, 1 de junho de 2014

O Lady Gágá no Velhão



Certo dia estava Mário Soares numa das suas inúmeras visitas de estadista a sítios que o próprio Darwin não arriscou ir e, sentado numa esplanada com vista para o mar a beber o seu copo de whisky e a fumar um charuto, avista um grupo de estudiosos da vida marinha que ali se tinham reunido depois de uma expedição. Logo meteu conversa e convidou-os a beberem com ele enquanto discutiam o penteado do Álvaro Cunhal e as camisas do Cavaco Silva. Entretanto, vêem ao longe, na praia, o aparecimento de uma tartaruga que um biólogo marinho se apressou a capturar e levar para junto de Soares e diz-lhe:

- Estes animais podem viver uns bons 200 anos!

Ao que responde o, já naquela altura, velho Soares em tom de consternação:

- Pois...esse é o problema dos bichinhos...uma pessoa afeiçoa-se a eles e depois passamos pela enorme tristeza de os ver morrer.

terça-feira, 20 de maio de 2014

Porque o Jesus devia ficar no Benfica (com números)


Bamos lá analisar o Benfica do Jesus: Nestes cinco anos consegue ganhar 7 competições em 20 (35%), e em 50% das vezes ou ganha ou chega à final da competição a eliminar.

Comparando com o fcp, o percurso do Benfica do Jesus nestes últimos 5 anos acaba por ser superior e há alguns mitos que é preciso desmontar:

1 - O Jesus borra-se todo contra o Porto
Nestes cinco anos, nas competições a eliminar, o Benfica eliminou 4 vezes o Porto, enquanto o Porto só por uma vez eliminou o Benfica
2 - O Jesus só faz boa figura na Europa porque joga na Liga Europa enquanto o Porto joga na Champions
Em 5 anos, o Porto esteve na fase final da Champions apenas 2 vezes, e nessas duas caíu logo nos oitavos de final, uma vez goleado pelo Arsenal e outra eliminado pelo colosso Málaga. O Benfica apenas se manteve lá uma vez mas chegou aos quartos de final. Já na Liga Europa, apesar do Porto ter ganho a competição uma vez, as outras duas caíu sempre demasiado cedo, enquanto o Jesus lá ficou quase até ao fim.

(imagem daqui)

quarta-feira, 7 de maio de 2014

o não erro de Medina Carreira



Deve ser difícil para um tipo inteligente e com conhecimentos prever os problemas, ter as soluções, mas não as conseguir passar às massas. As massas - a quantidade é sempre o factor decisivo e a maioria é que manda. Podia arranjar aqui algumas formas de por a coisa mas, na maioria, essa maioria não é inteligente. E, ainda mais provável que isso, essa maioria gosta é de ver futebol.

Medina está cansado de ter razão e ninguém lha dar. Caiu na tentação e apostou no mau exemplo da bola que todos entendem. Para a maioria da minoria, Medina foi uma besta, mas na maioria da maioria, Medina ganhou fãs. E quem é que ganha quando uma pessoa como Medina Carreira ganha fãs? Ganha a minoria. The greater good!


sexta-feira, 2 de maio de 2014

"that´s gold baby!"

"Dez anos depois, ao critério do senso comum junta-se o da frieza dos números para concluirmos que a venda do ouro do Banco de Portugal foi um erro inequivocamente prejudicial para a economia do país. Cada onça de ouro custava 270 dólares em 2001, aumentou para 1670 dólares em 2012, seis vezes mais.

O autor e executor do programa de venda massiva de ouro do Banco de Portugal, cerca de um terço das reservas que a instituição detinha quando iniciou o seu mandato em 2002, 590 toneladas, foi o então governador Vítor Constâncio. O mesmo que é agora vice- -presidente do BCE." 

Restam no Banco de Portugal pouco mais de 380 toneladas das quase 600 toneladas que o Estado português detinha no início deste século." por José Gomes Ferreira


Evolução do preço da onça de ouro em dólares
 
Como curiosidade,  a ministra das finanças em 2002 era a Manuela Ferreira Leite, que agora tem um espaço na televisão onde, entre outras coisas, acusa governos de má gestão. Não é que os governantes, ou governadores, tenham de ter o dom da adivinhação, mas será que uma evolução tão grande pode passar despercebida por "especialistas" nestes assuntos?

quinta-feira, 1 de maio de 2014

António Conte, o Paulo Fonseca Italiano


O Conte também se troca todo com o nome dos clubes e comparou a Juventus ao Benfica quando queria dizer Porto...

Conte, a Juventus de Portugal é o Porto pá! está no youtube e até em jornais estrangeiros:


A vossa fama (Porto e Juventus) é mundial. A fama do Benfica também...mas por razões diferentes! Pergunta à malta do Torino:

Site Meter Site Meter