sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Mar Censura Kituz

“Censura é o uso pelo estado ou grupo de poder, no sentido de controlar e impedir a liberdade de expressão. A censura criminaliza certas acções de comunicação, ou até a tentativa de exercer essa comunicação. No sentido moderno, a censura consiste em qualquer tentativa de suprimir informação, opiniões (…) Pode também a censura ser entendida como a supressão de certos pontos de vista e opiniões divergentes…” in Wikipédia

Só por exemplo, vamos imaginar que eu ia escrever sobre uma terra qualquer…

Não escrevo contra ninguém nem contra nenhuma terra em especial (eu ate simpatizo com todas). Agora…ninguém me paga para andar a falar bem desta ou daquela terra em particular (agora que falo disso, se me pagassem, eu até fazia publicidade). É obvio que as vezes se pode generalizar a partir de uma certa amostra. Mas se eu não insulto ninguém, nem falo mal deste ou daquele, ou de determinada povoação, não vejo o porquê de não o poder publicar. Se alguém tem uma opinião contrária ou algo mais a dizer, tem a caixinha dos comentários (desaguizados [com z, só para ser diferente]) para dissertar à vontade. E há textos que nem sequer são para levar a serio. São para os fregueses rirem (eu bem me esforço para ter alguma piada…mas é inútil). E se alguém se revê em determinado texto, é porque lhe assentou a carapuça e o que lá está escrito até nem é mentira nenhuma. É porque se presume que estão a falar deste ou daquele. E nesse caso, é como se diz (pelo menos na minha terra diz-se) …presunção e água benta, cada um toma a que quer.

Seremos censurados
Nesta vida de nascer até morrer
Perderemos a vontade
De conseguir entender

7 comentários:

markituz disse...

tudo bem paulo... tu ficas com a tua opinião eu fico com a minha, o helder fica com a minha, os jovens avelarenses certamente (se tivessem lido aquilo que escreveste) ficariam com a minha e, acredito, muito mais gente se tivesse lido aquilo.
este post agora caiu aqui vazio porque a maioria das pessoas não o vai entender. tu que até tinhas das melhores contribuições para este blog! espero que te passe e que este fim-de-semana nos brindes com mais uma das tuas histórias magníficas

torbinsky disse...

vamos la ver...eu tenho a certeza que quando escreveste aqilo dos civilizados vs iça me o pilar, o pessoal desse carro tambem nao gostou daqilo. e certamente os "inhos" tambem nao devem ter gostado muito. e o que eu escrevi sobre a tua terra nao foi nenhuma mentira descarada nem ofende ninguem. o que la esta é tudo verdade (tu sabes bem disso e nao acho qu devas ter vergonha).e tu nao es pai dos jovens avelarenses e certamente que eles nao pensam pela tua cabeça.Tu e o helder têm a opiniao que têm porque leram aqilo.Porque nao deixas os outros lerem tambem?deixa os ter a opiniao deles.e se se sentirem umas "damas ofendidas" como tu, que deixem comentario.
A diferença entre o meu post e o teu, é q tu achas que estou a falar mal de ti(e da tua terra). Porque quando foi para falar do iça me o pilar e dos inhos...aí ja podia ser.

PS: obrigado por aqilo das historias magnificas que eu escrevo(e que tu nao apagas). No fim de semana concerteza aparecerão mais.

bush disse...

PORQUE NO TE CALAS!!!!!!!!!?????

Txiiiiiii

Guerra entre terras?

smeagol disse...

Eu como legitimo fundador desta pardieira venho afirmar aos autores que eu como alta autoridade parea a existencia proibo de agora em diante qualquer acto de vandalismoi sobre posts dos outros e vos informo que vao ser todos reduzidos da acategoria de administradores para colaboradores senao isto era uma festa do caralho e nao posso permitir que isso aconteça novamente. Mais este blog é asoma de todas as experiencias que temos juntos a pelo que daqui para a proxima cuidadod quando se referirem a situaçoes mais próximas dos autores.

markituz disse...

caro torbinsky ninguem do iça se queixou senão certamente eu teria feito alguma coisa.
o texto que tu escreveste estava demasiado ofensivo e, repito, isto não é só a minha opinião. quanto à veracidade das coisas que lá escrevestes já te disse que não existe. escreveste sobre uma terra que não conheces minimamente para tecer uma opinião. não deixo os outros lerem porque me considero uma pessoa responsável e como tal acho que um texto daqueles não devia permanecer neste blog que até é semi-finalista dos super blog awards e que aumentou consideravelmente a taxa de visualização diária desde o tempo em que escrevíamos sobre o iça e os civilizados.
vens falar da minha vergonha??!! eu não tenho vergonha senão também teria o nick de um jogadorzeco de futebol e não queria sequer que os meus colegas soubessem quem eu sou. vamos lá acabar com palhaçadas e voltar ao bom nível em que o blog se tem mantido nos últimos tempos e ganhar o premio de blog do ano

torbinsky disse...

ainda me has de dizer qual foi a parte que é mentira..e eu escrevo sobre o que vejo e o que vou ouvindo. e essa é a ideia que eu tenho, e nem é nada ofensivo.se tu interpretas te o texto dessa maneira, o problema é teu.
E eu não ando aqui a escrever para agradar alguem. se temos mais visitantes, é porque as pessoas gostam do que leêm por ca.coisa que não podem fazer se o post for apagado

i i i disse...

eu quero ler o post!!!

estou curioso!

Site Meter Site Meter